segunda-feira, 6 de junho de 2011

DECORAÇÃO DE QUARTOS DE BEBÊ, CRIANÇA E ADOLESCENTE

Cotia, 05 de junho de 2011.

Primeiramente, gostaria de agradecer por estar lendo meu humilde e simples blog e pedir que, caso tenha problema com alguma loja que menciono, por favor, me informe, para que possa a retirar das minhas páginas. Obrigada.


Quartos de Mostras de Decoração de 2011

Casa Cor São Paulo 2011

Hoje fui à Casa Cor São Paulo, 2011, que está comemorando seus 25 anos. Honestamente, faz tempo que não vou à uma mostra de decoração tão sem novidades. Desleixo no acabamento dos ambientes, nenhuma inovação em relação aos pisos e revestimentos e, as moças, que deveriam nos auxiliar, ficavam em seus celulares e computadores utilizando o wi fi gratuito.

Em uma época de economia de energia elétrica, contraditoriamente, foram apresentados diversos quartos e banheiros, muito escuros. Os ambientes, em sua maioria, foram pintados nas cores preta, vinho e cinza escuro. O branco está fora de moda, foi o que me disse uma arquiteta. Porém, fico imaginando que seja uma moda passageira pois, nos lugares onde a higiene deve ser a maior possível, como saber se estão limpas as pias de cozinha e os vasos sanitários se são totalmente pretos? Como saber se não há fungo ou um bichinho andando em uma pia de cozinha preta?

Quanto ao quarto de bebê, para mim, este foi um dos piores ambientes da mostra. Quem o desenvolveu acho que nunca teve filhos.

Foi colocada uma cadeira suspensa, fixa por um cabo preso no teto mas que, no entanto, balançava muito, para ser utilizada como cadeira de amamentação. Honestamente, fiquei imaginando uma pobre mãe, com o bebê no colo, tentando mirar, para sentar, em uma cadeira que não para no lugar. E para sair, sem ajuda, acho que seria muito difícil.

No banheiro do bebê, o que mais estranhei foi a presença de uma banheira de formato grande, para adultos. Mas fui esclarecida de que era para a mamãe tomar banho junto com o bebê!?!? Será que as arquitetas não sabem que é impossível dar banho em um bebê estando dentro da banheira com ele? Como a mãe irá sair da banheira? Deixa o bebê lá dentro, sozinho, enquanto se seca?



Já o berço, outro horror. Deve-se pensar na estética dos móveis mas, também, em sua funcionalidade. Não se trata de mero capricho os berços possuírem barras na vertical. Quem tem filhos pequenos sabe que, desde cedo, eles adoram escalar o berço. Assim, para facilitar a ação dos bebês, o berço da Casa Cor São Paulo 2011, tem barras na horizontal, formando uma escadinha. Fantástico!!! Maldade pura mas, este quarto poderia estar em um quadro na TV com o nome: o que deve evitar na decoração do quarto de bebê ou erros na decoração.



O quarto do filho, não sei muito o que pensar... O tema era a natureza e há várias fotos com animais e uma cama suspensa em 55m2. Meu filho de 9 anos não gostou. Achei que poderiam ser animais estilizados, mais coloridos e divertidos.





A cama suspensa cria uma passagem embaixo, que não leva nada a lugar algum, só criaria dificuldades para a mãe na hora de limpar. Melhor seria ter utilizado este espaço para armazenar brinquedos ou, já que o tema era aventura, porque não fazer uma tenda embaixo...

O que fica é uma cama com teto muito baixo, que permite, apenas, uma criança de até uns 4 ou 5 anos dormir nela e poder andar sobre o mesanino sem bater a cabeça. E a escada de acesso à cama, feita de tronquinhos de madeira sem corrimão.... o sonho de toda mãe que quer ver seu filho cair diariamente.... No mesanino não há, ainda, um parapeito ou proteção para a criança não cair pelas laterais.
Este seria o pior quarto para limpeza diária pois, imagine ter que arrumar a cama abaixada ou de joelhos... Este quarto só seria possível, na vida real, se o pé direito fosse, no mínimo, de uns 3,5m.



O quarto da menina estudiosa é melhor que os anteriores mas, também, possui uma falha inexplicável. Há um vidro com película para que seja utilizada como televisão. Contudo, sua localização é péssima: ao lado da cama, grudada a ela. Ou seja, não há como assistir televisão em uma posição confortável. Trata-se de mero elemento decorativo.
Por outro lado, achei bem interessante o nicho criado para leitura, em formato de balãozinho de pensamentos de revista em quadrinho. Só acho que o quarto perdeu boa parte da sua área por causa do nicho, deixando o quarto muito comprido. Seria muito mais interessante se, esta parede do nicho, tivesse alguma funcionalidade, como espaços para livros, local para guardar cobertor e edredon, etc.




Gostei, ainda, da idéia da estante no formato da letra A, para a área de estudo. Estranhei que não havia nenhum criado mudo no quarto (nem nos outros da mostra). Este é um item importante quando não se tem uma cabeceira onde possa colocar seus objetos, telefone, despertador, etc.




Agora, o quarto para a menina mais nova, apesar de super tradicional, em estilo provençal, achei lindo. Se tivesse uma menina, eu o copiaria.  As cores são suaves e super femininas. Há muito rosa mas não é enjoativo. Há uma casinha de bonecas linda e, ao seu lado, mini móveis, como cadeiras estilo Luís XV, maravilhosas. As fotos não fazem jus ao ambiente, que é muito mais fofo ao vivo.










Campinas Decor 2011

A mostra Campinas Decor 2011, apesar de muito menor do que a Casa Cor São Paulo, apresentou, na minha opinião, mais idéias e ambientes elaborados. A grande falha deste evento foi que não havia acesso, aos cadeirantes e mães com carrinhos de bebê, à maior parte dos ambientes.

No home theater para a criançada, paredes com listras coloridas e um móvel laqueado com um formato original, dificultou a retirada dos meus filhos do ambiente.




No querto do bebê foram usados tons de creme e azul claro. Adorei os ursinhos encontrados por todo o quarto e o móvel em formato de barco, com nichos e prateleiras.




Achei bem legal o quarto do menino apaixonado por trenzinhos. Fizeram uma espécie de trilho de trem, próximo ao teto, que percorria todo o quarto e era utilizado como prateleira ou local para fixar a luminária. As paredes poderiam ficar mais interessantes, estavam muito brancas para o meu gosto. A iluminação estava bem bacana.




Na mostra Campinas decor 2010, havia o quarto da debutante, para as garotas mais velhas, com uma disposição diferente dos móveis, mas muito criativa, com o posicionamento da cama no centro do quarto e os nichos para organização sob a cama.


Prometo colocar quartos normais depois. É que não resisti de falar mal do horrível quarto de bebê da Casa Cor São Paulo....

Escolha do berço

Muito mais do que a estética, ao comprar o berço deve-se observar alguns itens:
a) a sua pintura deve ser com tinta atóxica, sem materiais pesados, pois os pimpolhos adoram morder as laterais;
b) as barras de segurança devem ser na vertical. Qualquer espaço vazado ou distância entre duas barras no berço, deverá ser de no mínimo 4,5 cm e no máximo 6,5 cm. Esse espaçamento evita que a cabeça, o ombro do bebê ou a mão fiquem presos;
c) de preferência, escolher um berço com 2 alturas, ou seja, que o estrado possua 2 posições: uma mais alta para, quando muito pequenos, possa  a mãe facilmente o colocar na cama e, uma mais baixa, para quando começar a ficar em pé no berço. No caso dos berços com o estrado ajustável, quando este estiver na posição mais alta, a altura mínima de qualquer lateral do berço deverá ser de 30 cm, que é a altura indicada para os bebês menores, que não têm altura nem conseguem se jogar através das grades;
d) atualmente, há berços que podem ser regulados próximo à cabeça, para ser elevada, evitando o refluxo;
e) para poupar, melhor adquirir um berço que, no futuro, possa ser adaptado e virar uma caminha. A criança, com 2 anos e meio, aproximadamente, já está muito grande para ficar no berço e quer sair. Como o risco de queda é grande, o melhor é abaixar as grades do berço e o transformar em uma cama;
f) a trava de segurança não pode ficar em lugar de fácil acesso à criança. Para abaixar o berço deverá haver um mecanismo que, somente os pais, consigam o fazer e sem machucar os dedinhos da criança;
g) não coloque o berço próximo à janela pois, além da corrente de ar prejudicial ao bebê, este pequeno, da noite para o dia, começa a escalar tudo e as janelas são um grande perigo;
h) Todo metal, incluindo partes como molas, porcas, parafusos e arruela, deve ser feito de material resistente à corrosão, como alumínio ou aço inoxidável, ou ser adequadamente protegido contra corrosão. As partes metálicas ao alcance da criança devem ser submetidas ao ensaio de névoa salina para garantir que não enferrujem no uso;

i) Não deve haver decalques ou adesivos nas superfícies internas do berço acessíveis a criança;

j) Somente dois pés do berço devem ter rodinhas ou rodízios. Os outros dois deverão ser fixos. Se o berço tiver rodinhas nos quatro pés ou apoios, duas devem conter travas;
k) A distância máxima entre as ripas do estrado deve ser de 6 cm. Se a distância for maior que 6 cm o bebê pode prender a perna ou o braço;

l)  A altura das laterais e paredes do berço deve ser de, no mínimo, 60 cm a partir do estrado (na posição mais baixa). Caso contrário, existe o risco do bebê pular por cima da grade lateral ou das paredes;

m) Quando o berço tem a lateral ajustável, a altura máxima dessa lateral será de 30 cm na sua posição mais alta e 22,8 cm na posição mais baixa, que é a situação quando a mãe está junto ao bebê, colocando-o ou tirando-o do berço;

n) Quando alguma parede do berço é feita de tela, o espaçamento mínimo dos furos deverá ser de 7 mm e não deve permitir que um equipamento que simula o dedo do bebê passe por esses furos;

o) Os cantos, partes protuberantes, cantoneiras, dobradiças e suportes devem ser chanfrados, ou seja, não devem ter pontas nem arestas, pois dessa forma poderiam machucar o bebê ou a mãe. E os entalhes (buracos) ou relevos nas partes internas dos berços, com mais de 5 mm, onde o bebê poderia colocar o pé e escalar para sair do berço, devem ficar, no mínimo, a uma altura de 60 cm a partir do estrado;

p) No caso de berços com altura de estrado ajustável, não deve ser possível mudar a altura sem o uso de uma ferramenta ou substituição de encaixe sob o estrado. A idéia é minimizar o risco do estrado mudar de posição sozinho;

q) A distância entre o estrado e as laterais ou paredes do berço não pode ser maior do que 2,5 cm. Assim, evita-se que a criança prenda os braços ou as pernas.
Infelizmente, nós brasileiros, não temos o hábito de pesquisar antes de comprar. Há um interessante estudo feito pelo INMETRO, estabelecendo parâmetros de segurança para os berços, o qual foi utilizado para a elaboração de alguns itens acima citados.

Sei que a lista pode parecer enorme mas, para saber como a situação é crítica, das 11 marcas testadas pelo INMETRO, nenhuma passou em todos os testes e foi aprovada. Ferimentos decorrentes de quedas ou defeitos de fabricação dos berços são muito mais comuns do que imaginamos.


Alguns adquirem o berço pensando em um bebê minúsculo, quietinho e imóvel. Isto é uma boneca, crianças crescem, pulam no estrado, tentam sair do berço, querem tirar os parafusos e puxar as barras. Afinal, são seres muito curiosos e sem nenhuma noção de perigo.

Aliás, você sabe o que é MDP? O MDP nada mais é do que o antigo compensado aglomerado, aquele mais simples e de pior qualidade. Contudo, os lojistas e fabricantes mudaram o nome do aglomerado para MDP, para confundir o consumidor, com o material MDF, que é superior.
Fazendo uma rápida pesquisa na internet, encontrei este berço Bambino da Etna, por R$699,90, que me pareceu bastante interessante. Não o vi na loja. Logo, não posso dizer que seja o melhor. Mas ele é de madeira maciça, possui pintura atóxica, regulagem do estrado e se transforma em uma caminha.




http://www.etna.com.br/ch/prod/4377/513/0/berco-bambino-bco.aspx

Apesar de não ser em madeira maciça (é feito em MDF), achei interessante este berço da Abra Cadabra para quem tem pouco espaço. Ele se transforma em bicama com criado mudo, quando a criança cresce. E a cama extra embaixo do berço pode ser uma idéia quando não se tem espaço para colocar uma cama no quarto. Afinal, muitas vezes você acabará tendo que dormir ao lado do bebê e não quer o levar para a sua cama (principalmente quando dorme com outra pessoa com o sono muito pesado, que se mexe demais e ronca). O preço é um pouco mais alto: R$1.388,99 (Berço Nala)

http://www.abracadabra.com.br/site/prod-detail.cfm?Idprod=2011318BF&blp=abr&texto=ber%C3%A7o



Gostei do formato deste berço, pois já tem o trocador e algumas gavetas, mas não do seu material (MDF e MDP). Ele custa $704,00, na Mpozenato(não conheço esta loja):



http://www.mpozenato.com.br/app/sc/gui/Produto.aspx?cnt=114_1_132_1&html=produto&prod=171598&cat=9007&tit=Ber%C3%A7o+que+Vira+Cama+de+Solteiro+Doce+Magia+-+Qmovi+-+M%C3%B3veis+-+Arapongas+Paran%C3%A1

Saindo um pouco do tradicional, encontrei este berço em MDF, no formato de carruagem, na loja Cadê o Nenê?, por R$1.250,00.


Este outro berço, também em MDF, possui o formato de carruagem, só que sem o dossel, e custa R$999,00.

http://www.cadeonene.com.br/lojavirtual/site/produtoDetalhes.php?cod_item=1591&est=29497

Finalmente, na mesma loja, há este berço que pode ser transformado em bicama e escrivaninha, por R$1499,90 (não seria mais simples dizer que custa R$1.500,00?!?)


http://www.cadeonene.com.br/lojavirtual/site/produtoDetalhes.php?cod_item=3419&est=28189

Em São Paulo há lojas maravilhosas especializadas em móveis e enxovais para bebê que merecem uma visita, ainda que alguns produtos custem pequenas fortunas (sempre é possível ter alguma idéia simples para fazer algo semelhante, não é mesmo?!...)
 - Atelier Vanessa Guimaraes - Rua Rui Godoy Costa, 34 e Shopping Iguatemi, site http://www.vanessaguimaraes.com.br/
- Ri-Pô-Pi - R. Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 322, Itaim Bibi, site: http://www.ri-po-pi.com.br/
- Mama Art - Rua Melo Alves, 780 e na Rua Santa Justina, 540, site: http://www.mamart.com.br/
- Dip en Dap - Rua Bandeira Paulista, 1115, site: http://www.dipendap.com.br/
- Belle Petit & Maison - Rua Santa Justina, 479, site: http://www.belpetit.com.br/
- Ateliê da Criança - Rua Bandeira Paulista, 1125, site: http://www.ateliedacrianca.com.br/

Fora algumas poucas exceções, os berços nacionais são, ainda, muito semelhantes e tradicionais. No exterior há berços muito diferentes e criativos, sendo que, alguns poderiam ser utilizados, outros são meramente decorativos, já que não oferecem muita segurança. Mesmo assim, se for ao exterior para comprar ou tiver um bom marceneiro, talvez possa copiar alguns dos modelos abaixo:

Gostei deste porque, ao invés das barras, há policarbonato furadinho nas laterais e vira uma cama bem bonitinha, com estilo meio retrô.





O próximo é bem psicodélico e moderno, mas só poderia ser usado para um bebê bem novinho.


Cascara Cot da empresa Babycotpod




Baby Cot Pod da yanko Design








Culla Sinuè Crib desenhado por Daniela Avaltroni 





O próximo berço custa a bagatela de 4170 dólares!!! Uma pechincha, ainda mais se pensar que o bebê só poderá o utilizar por pouco tempo. Fora que é tão prático para a mamãe ficar ajoelhada no chão para colocar e retirar o bebê...




















Sugestões de decoração para quartos de bebê masculinos:






http://babies.constancezahn.com/quarto-bege-e-azul/










O próximo quarto é mais neutro, dependendo dos acessórios para ser definido como sendo para menino ou menina.




Sugestões para quartos de bebê femininos:


Projeto de Daniela Velloza e Virgínia Velloza

Projeto de Bruna Furtado

Projeto de Daniela Giffoni e Cristiane Totti

Projeto de Deborah Roig

Projeto de Vanessa Monteiro

Projeto de Christiane Laclau










Para os maiorzinhos, muitas são as opções, dependendo do tema do quarto e gosto dos pais e da criança.
Se você possui um orçamento maior, a loja de móveis infantis que mais adoro no Brasil é a Gepeto. Os quartos não são baratos mas são lindos:
http://www.gepetostore.com/

Veja, por exemplo, esta cama do Mickey e da Minnie, que custam R$12.756,03 à vista, cada uma (sim, você leu direito, custam quase 13 mil reais....), mas até luzes reais estas casinhas possuem.

http://www.snetcommerce10.com.br/ecommerce_site/produto_121744_2828_Cama-Casa-do-Mickey
http://www.snetcommerce10.com.br/ecommerce_site/produto_121832_2828_Cama-Casa-da-Minnie


Meninos

Seguindo a tendência da reciclagem, para o meu filho mais velho, fiz uma decoração com o tema carro. Como peça central, comprei uma cama do site http://www.camacarro.com.br/. A cama veio na data combinada, desmontada mas, segundo meu marido, que já montou duas camas de carro desta empresa (do meu filho e do meu sobrinho), a montagem não é tão difícil e os parafusos ficam escondidos por dentro da cama, que é toda forrada com uma espécie de couro sintético bem fofinho. O que adorei nesta cama, além do acabamento impecável, foi a possibilidade de personalização, com o nome da criança ou outros detalhes que desejar. Ela custa R$1069,00

http://www.camacarro.com.br/oproduto.php
Para completar a decoração do quarto, há vários itens, como poltrona de amamentação, por R$635,00


Há, ainda, o kit cama carro, com poltrona semelhante a dos carros de corrida e baús de brinquedo, por R$820,00.


Para completar a decoração, fui à borracharia e pedi pneus usados. Para um banco, fiz 2 furos, com furadeira, pelo lado interno, um em cada lado, em 3 pneus grandes e passei uma corda, para os fixar. Passei tinta spray vermelha nos pneus. Peguei um círculo de madeira, do tamanho da abertura do pneu, coloquei um pedaço de espuma, no formato redondo e, com um pedaço de vinil vermelho (comprado em lojas de tecido), fiz uma almofada, fixando-a com aquele grampeador de tapeceiros.

Para o lustre, consegui um pneu de trator bem pequeno e, na sua abertura, encaixei um lustre do tipo plafon, bem barato. Fiz furos no lado oposto ao do plafon e fixei com buchas no teto.

Como prateleiras, peguei 3 pneus usados, passei tinta spray vermelha. Mandei fazer, sob medida, 3 prateleiras finas de vidro, que se encaixassem dentro do pneu. Para maior segurança nas prateleiras, coloquei pequenos pedaços de madeira, por dentro do pneu, para as segurar.

Para não ficar excessivamente vermelho, pintei o quarto como se fosse uma garagem: cinza na parte de baixo, uma faixa branca no meio, com quadradinhos recortados de papel contact preto (imitando uma bandeira de corrida) e, no lado de cima, um amarelo claro. Parece estranho? Também achei a idéia maluca mas tirei fotos do quarto e, com a ajuda de softwares de fotografia, fui alterando as cores da parede até que ficassem de uma tonalidade agradável. Acertada a cor, imprimi o desenho e fui à loja de tintas.

Comprei, ainda, na loja Leroy Merlin, cones de tráfego verdadeiras e, como sempre vou a exposições de carros antigos, possuo várias placas de automóveis e de sinalização, que foram fixadas na parede.

Nesta mesma loja do camacarro, há vários modelos de carros, barcos e até ônibus espacial.








Esta cama do Buzz Lightyear, feita pelo Gepeto, possu escrivaninha e custa, à vista, R$7.730,91, com 2 asas e capota.

http://www.snetcommerce10.com.br/ecommerce_site/produto_145992_2828_Cama-Nave-Buzz-Lightyear

Para quem possui um quarto bem pequeno, a solução encontrada por este arquiteto foi bem inteligente ( e fora que o filho nunca precisará arrumar a cama, já que ela fica embutida, embaixo do mesanino e possui rodinhas).


Neste outro quarto, o mesanino tem 2m de altura. Como o pé direito normal de uma casa é 2,70m, este recurso só seria possível com casas com tetos mais elevados e crianças mais velhas.

Projeto de Simone Goltcher

Para mudar a decoração do quarto do seu filho, que tal colocar os novos adesivos de parede que estão na moda hoje em dia?




Projeto de Nazle Tuffi e Layla Rochelly

O próximo quarto foi projetado por Maria Helena Buazar e, só a marcenaria, custou R$7.500,00.















Descobri, para minha felicidade, que há pais tão malucos quanto eu, quando se trata da decoração do quarto dos filhos. Estes pais, nos Estados Unidos, previram como seria o quarto do filho já na construção do imóvel, pois colocaram um escorregador que desce pela estrutura da casa e cai no andar inferior da residência.














Meninas

Outro dia, em uma exposição, vi estas camas da Filomena Mena Mena e adorei. Basta um cama para estar pronta a decoração do quarto todo.
Esta cama, por exemplo, de castelo, possui 1,50m x 0,70m x 2,10m (de altura) e custa R$3.300,00. Não é barata mas que menina resiste a ser uma princesa e ter seu próprio castelo no quarto?



E esta casinha, que custa R$2.000,00, não é fofa?!?

http://loja.filomena-mena-mena.com.br/Produto.aspx?IdProduto=187&IdProdutoVersao=187
E que tal fazer um quarto de menina semelhante ao da Casa Cor São Paulo 2011, no estilo provençal?

Encontrei esta cômoda, com 3 gavetas, por R$470,00.

http://loja.filomena-mena-mena.com.br/Produto.aspx?IdProduto=229&IdProdutoVersao=229

E esta escrivaninha, com cadeira, por R$292,50.


http://loja.filomena-mena-mena.com.br/Produto.aspx?IdProduto=243&IdProdutoVersao=243

No site do Camacarro.com.br, por R$990,00, você encontra uma carruagem de princesa.


A Tok & Stok possui uma escrivaninha muito meiga, estilo princesa, para as meninas por R$862,00 com o frete de entrega.

Olha esta cadeira Panton infantil, da Tok & Stok, por R$99,00, não é fofa?


Esta capa de urso, do Gepeto, é bem cara (custa R$2.769,25 à vista), mas é muito linda....



http://www.gepetostore.com/

Este puff com bolinhas, da Gepeto, por R$1379,40, à vista, combina com qualquer quarto de garota.


http://www.snetcommerce10.com.br/ecommerce_site/produto_144299_2828_Puf-Dot-Preguica

Sugestões de quartos de meninas












Como sou apaixonada pelos ambientes decorados pela arquiteta Débora Aguiar, não poderia deixar de fora o seu quarto de menina, criado para o Panamby:



Pouco espaço....

Infelizmente, os quartos dos apartamentos e casas estão minúsculos e, muitas vezes, temos que acomodar mais de uma criança no mesmo espaço. Assim, se tiver filhos mais velhos ou se precisar de uma cama extra para visitas, por exemplo, que tal investir nos beliches e bicamas?

Se possuir uma parede grande e muitos filhos a sugestão abaixo poderá servir. Acho que esta idéia ficaria ótima, também em uma casa de praia.




E que tal um quarto meio futurista, do tipo cabine espacial? 








QUARTOS PARA ADOLESCENTES

Como estou decorando o quarto do meu filho, que acabou de completar 10 anos, estou pesquisando alguns quartos e idéias retirados da internet que postarei abaixo:





















































Prateleiras diferentes

Que tal armazenar os livros de uma forma diferente?
















Meu filho adora star wars e quartos futuristas ou espaciais. Assim, as idéias que mais gostou (e não tenho a menor idéia se irei conseguir as concretizar):





Esta cama-treliche o meu filho amou só que já avisei que será impossível a copiar....



O mesmo ocorre com esta escrivaninha...


Para facilitar a minha vida, provavelmente comprarei este adesivo autocolante, que tem, aproximadamente, 3m de largura, e custa US$190 em sites americanos que enviam para o Brasil. Assim que comprar e chegar tudo certinho, postarei o nome da loja.



Móveis e idéias bem diferentes....







Este quarto eu tinha que adicionar. Ele não é lindo?




Outro dia, aqui no blog, me pediram para inserir idéias de quartos divididos por um bebê e um adolescente ou adulto. Tenho que confessar, não foi fácil achar alguma coisa. 
A sugestão que posso lhe oferecer é colocar o adolescente ou adulto em uma cama acima do nível do berço ou, então, colocar uma estante dividindo os ambientes. 
Espero que tenha ajudado um pouquinho.






Dividindo com uma estante: 


Uma estante semelhante à esta você encontra no site da loja Tok Stok 

Nos próximos quartos, você poderia substituir a mesa  (1a. foto) e o colchão (2a. foto) por um berço











9 comentários:

  1. demais estas ideias!!! dificil escolher apenas uma, parabens!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se encontrar idéias legais para quartos, me envie que irei adorar postar no blog. Bjs

      Excluir
  2. Adoráveis Monstrinhos13 de setembro de 2011 11:06

    Obrigada pelo comentário. Se tiver alguma outra dica de decoração, me envie que terei o enorme prazer de publicar aqui. Um abraço, Rô

    ResponderExcluir
  3. que coleção de qtos incrível! parabéns! Karen

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Karen, muito obrigada pelo comentário. Assim que montar o seu quarto, me envie a foto para o postar aqui. Bjs, Rô

      Excluir
  4. Adorei!!! Muitas ideias ótimas!!! Tenho uma filha de 2 anos, estou grávida e tenho um quarto para o(a)s dois ou duas...rs...Estou pesquisando para resolver este dilema...rs

    ResponderExcluir
  5. Noossa nunca ví tanta coisa linda ao mesmo tempo!Parabéns

    ResponderExcluir
  6. Muito lindo. Queria ver tb quartos para crianca granda e bebe no mesmo ambiente,


    ResponderExcluir